SEXTAS DE CINEMA

1º Ciclo : Solveig Anspach (25 /01,01/02 e 15/02)

LULU FEMME NUE (LULU NUA E CRUA)

2013 | 1h30 min| Comédia dramática
Direcção: Solveig Anspach

25 DE JANEIRO| 17H00 | MEDIATECA DE LUANDA (Largo das escolas)

Filme "Lulu femme nue" - JPEG

Em 2019, A Alliance Française e a Mediateca de Luanda voltam com as Sextas de cinema com o objectivo de fazer descobrir gratuitamente o melhor dos filmes franceses e francófonos a um público abrangente, numa perspectiva de intercâmbio cultural.

As obras cinematográficas de Solveig Anspach abrem com chave de ouro o 1º ciclo das Sextas de cinema do ano 2019! Este ciclo contará com três filmes: Lulu femme nue, Queen of Montreuil e L’effet aquatique.

O primeiro filme a ser estreado será Lulu femme nue (Lulu nua e crua) no dia 25 de janeiro às 17h na Mediateca de Luanda. O filme será gratuito e legendado em português.

SINOPSE: Após uma entrevista de emprego mal sucedida, Lulu decide não voltar para casa, deixando o marido e os filhos à sua espera. Ela não tem nada planejado e dá-se alguns dias de liberdade, aproveitando plenamente o que vier em seu caminho. Neste o seu caminho, ela conhece pessoas que também estão na beira do mundo e acaba por encontrar alguém que perdeu de vista há muito tempo: ela mesma.

Nesta adaptação poética do ‘comic’ Lulu femme nue. A actriz, Karin Viard e Solveig Anspach colaboram pela última vez. O filme atraiu meio milhão de espectadores e ganhou o César de melhor adaptação.

BIOGRAFIA: Nascida nas ilhas Vestmann, Islândia, mas com cidadania francesa, Solveig Anspach, estudou em Paris e obteve um diploma em 1990 da prestigiosa escola FEMIS. Ela deu-se a conhecer em 1999, com Haut les Coeurs. Um filme sobre uma mulher grávida com cancro da mama, uma ficção inspirada na sua própria experiência. O êxito promoveu a protagonista, Karin Viard, premiada com um César de melhor actriz.

Sensível e empenhada, Solveig Anspach, realizou um cinema que é ao mesmo tempo pessoal e poderosamente aberto ao mundo. Ela faleceu em 25 de agosto de 2015, depois de anos a tentar se livrar do seu cancro. Ela deixou numerosas obras para serem descobertas.

ORGANIZADORES: Alliance Française de Luanda | Mediateca de Luanda – REMA
PARCEIROS: Embaixada da França em Angola | Total E&P | Air France | Dimassaba

 "Lulu femme nue" - JPEG
imagem do filme "Lulu femme nue" - JPEG

Atualização : 23/01/2019

Princípio da página