O Presidente Emmanuel Macron anuncia a criação do Conselho Presidencial para África

A criação do Conselho Presidencial para África (CPA) foi anunciada oficialmente pelo Presidente Emmanuel Macron - JPEG

A criação do Conselho Presidencial para África (CPA) foi anunciada oficialmente pelo Presidente Emmanuel Macron, na terça-feira 29 de Agosto de 2017, em Paris, durante o discurso perante os embaixadores. O CPA será composto por onze entidades volontárias provenientes da sociedade civil ligadas à África. Esta instância terá como missão:

  • Apresentar uma nova abordagem em relação à política do Presidente da República sobre a África;
  • Formular as propostas concretas sobre os sectores chaves na relação entre a França e a África;
  • Informar o Presidente da República sobre a visão da França e a sua política em África;
  • Desenvolver uma relação com a sociedade civil africana a fim de tomar em conta cada vez mais as suas preocupações.

O CPA reunir-se-á uma vez por trimestre sob a presidência do Presidente da República a fim de trocar informações de forma regular com ele em função das agendas do Presidente da República concernente a política africana.
O CPA reunir-se-á também com outras entidades (peritos, cidadãos comprometidos com o futuro, membros das diásporas) que podem ajudá-lo a apresentar as propostas concretas ao Presidente da República. Entre os onze membros do CPA, sete são mulheres. Todos são profissionais influentes em vários domínios : desporto, diplomacia, energia, desenvolvimento, justiça, jornalismo e investimento.

Membros do CPA

  • Jean-Marc Adjovi-Boco, Franco-beninens, 54 anos, antigo desportista e empresário;
  • Jules-Armand Aniambossou, Franco-beninens, 55 anos, antigo embaixador do Benim em França, director geral África e Ultramar do grupo Duval;
  • Diane Binder, Francesa, 37 anos, directora adjunta do desenvolvimento internacional do grupo Suez;
  • Yves-Justice Djimi, Francês, 36 anos, advogado;
  • Liz Gomis, Francesa, 36 anos, jornalista e realizadora;
  • Jeremy Hajdenberg, Francês, 43 anos, director geral adjunto Investimento;
  • Yvonne Mburu, Queniano, 35 anos, pesquisador e consultor em saúde;
  • Vanessa Moungar, Franco-chadiana, 33 anos, directora do departamento Genero, Mulheres e Sociedade Civil” no Banco Africano de Desenvolvimento;
  • Nomaza Nongqunga Coupez, Sul africana, 36 anos, empresária cultural;
  • Karim Sy, Franco-libanês-maliano, 45 anos, empresário no sector do numérico;
  • Sarah Toumi, Franco-tunisina, 30 anos, empresária.

Atualização : 22/09/2017

Princípio da página